quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

A culpa é do alemão

O primeiro culpado do nascimento desse blog é alemão e passou por esse mundo há quase dois séculos atrás. Tive a ideia a partir da leitura do livro de ensaios selecionados de livros do filósofo Schopenhauer entitulado A Arte de Escrever. No primeiro dos ensaios ele faz uma dura crítica às pessoas que fazem do conhecimento apenas um meio para conquistar notoriedade, dinheiro, influência ou qualquer outra coisa. Para ele, o conhecimento válido é apenas o de quem faz da busca dele um fim e não um meio. Mais importante que ler muito, acumular informações, é produzir um conhecimento próprio, ouvir a sua própria verdade ao invés de se curvar ao conhecimento produzido por outros.

Baseado nisso, resolvi pensar em quão produtivas estavam sendo minhas leituras. É claro que não fiz até hoje de minhas leituras, predominantemente literárias, meio pra alcançar qualquer coisa, sequer o conhecimento. Havia encarado tudo, embora inconscientemente, apenas como entretenimento, passatempo, mais por falta de maturidade intelectual do que por qualquer outro motivo.

A partir dessa cosntatação e baseado na experiência de alguns amigos, resolvi ter o meu caderno de anotações de leitura, no qual eu relato minhas impressões, questionamentos e conclusões a respeito da leitura. Ainda estou no início dessa experiência e posso dizer que tem sido bastante proveitosa para mim, de modo que resolvi dividir com quem estiver disposto a ler as minhas impressões sobre os textos que porventura eu vir a ler, com o objetivo de também receber nos comentários visões diferentes da minha.

A quem visitar esse espaço, sinta-se à vontade e por favor, deixe também as suas impressões



2 comentários:

Alex disse...

Vou gostar muito desse blog, cara. Só um aviso. :)

Márcia disse...

Gostei. Vou começar a acompanhar tuas anotações. Gosto de viajar com as leituras das outras pessoas.
Boa sorte com o blog!